São Paulo X Santos – Avaliação dos jogadores na derrota por 2 a 1 no Pacaembu pelo Brasileirão

You are currently viewing São Paulo X Santos – Avaliação dos jogadores na derrota por 2 a 1 no Pacaembu pelo Brasileirão

Definitivamente tem jogadores sem a menor condição de vestir a camisa do Santos

São Paulo X Santos

Confira a avaliação dos jogadores do Santos, na derrota por 2 a 1 para o São Paulo, no Pacaembu, pelo Brasileirão 2017.

Vanderlei: Não merece jogar ao lado de jogadores tão vagabundos.

Victor Ferraz: É inadmissível um lateral tão limitado, ter cadeira cativa no time titular. Sem explosão, sendo pouco efetivo na defesa e, praticamente, inofensivo no ataque.

Lucas Veríssimo: Passou mal com o Lucas Pratto. Tem dificuldades em jogos grandes.

David Braz: Um dos poucos que se indignam com a derrota.

Jean Mota: Jogador de Figueirense, Vila Nova, Bragantino…

Alison: O único que correu e marcou no meio campo. Fez o gol do Peixe.

Matheus Jesus: bom jogador, mas precisa entender que futebol é coisa séria. Não está mais na Ponte Preta, mas no Santos Futebol Clube.

Renato: Ex-jogador em atividade. Somos gratos pelos serviços prestados, mas não tem mais condições de atuar em alto nível.

Lucas Lima: A porta da rua é a serventia da casa.

Bruno Henrique: Tentou de todas as maneiras buscar as jogadas ofensivas, mas sozinho, pouco pôde fazer.

Ricardo Oliveira: Preso entre os zagueiros e sem receber nenhuma bola em condição de gol, o centroavante passou em branco.

__

Kayke: Tem empresário forte.

Serginho: A gente vê que a coisa está feia, quando dependemos do Serginho para mudar alguma coisa na partida.

Copete: Tentando entender como é que veio parar no Santos, um time com características ofensivas e conhecido mundialmente por revelar craques.

__

Levir Culpi: A questão não é ser bom ou ruim, mas preguiçoso. Está ganhando o salário mais fácil de sua vida.

__