Santos x Vasco

Santos x Vasco – Avaliação dos jogadores na vitória por 3 a 0 pela quarta rodada do Brasileirão 2019

Peixe domina o jogo e perde a oportunidade de aplicar uma goleada história no time cruzmaltino

Confira a avaliação dos jogadores do Santos FC, na vitória por 3 a 0 em cima do Vasco, no estádio do Pacaembu, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro 2019.

Vanderlei – Trabalhou pouco, mas quando preciso, deu conta do recado.

Victor Ferraz – Em algumas oportunidades apareceu no meio campo, dando opção para as jogadas. Na parte defensiva ainda deixa a desejar. Não tem explosão para acompanhar atacantes velozes.

Lucas Veríssimo – Abusou das faltas na entrada da área, criando oportunidades de gol para o Vasco. Às vezes falta-lhe concentração, como no gol anulado de Maxi López.

Gustavo Henrique – Partida segura. Demonstrou raça e precisão nos desarmes.

Jorge – Habilidoso, foi boa opção nas triangulações.

Jean Lucas – Parece que ganhou a vaga de titular, e por merecimento. Tem muita visão de jogo e com suas passadas largas sempre chega com perigo no campo de ataque.

Diego Pituca O jogador mais constante do Santos FC. Manteve sua regularidade e, seus treinos após o horário deram resultado. Marcou o primeiro gol do Peixe em belo arremate de cobertura.

Carlos Sánchez É inegável sua importância dentro de campo, tanto pela movimentação, quanto pela liderança que exerce sobre seus companheiros. Mas, domingo, no Pacaembu, errou demais. Além de passes simples, perdeu dois gols incríveis.

Loja Família Santista
Camisa Santos Família Santista

Soteldo – Foi bem no mano mano, mas segurou a bola demasiadamente. Tivesse sido mais coletivo, o placar seria ainda mais elástico. Pela dedicação, foi coroado com o terceiro gol alvinegro.

Rodrygo – Um dos melhores em campo. Sempre agudo, com dribles simples e objetivo. Roubou a bola do primeiro gol, marcou o segundo e participou do terceiro.

Eduardo Sasha – Taticamente foi bem, abrindo espaços para quem vinha de trás, inclusive no gol do Rodrygo.


Alison – Melhorou a marcação, já que o Vasco, no segundo tempo, ensaiou uma pressão.

Jean Mota – Deu um bom chute de fora da área e fez uma bela assistência para o Sánchez, que perdeu o gol cara a cara.

Derlis González – Manteve a correria pra cima do time carioca.


Jorge Sampaoli – Enquadrou o Vasco no Pacaembu e só não aplicou a maior goleada do campeonato, por displicência de seus comandados.

Seus esquemas de jogo estão aí, sempre ofensivos e entendido pela maioria do elenco. Se conseguir colocar na cabeça de alguns atletas que eles não são craques, mas apenas bons jogadores, tem tudo para conquistar algo grande ainda esse ano.

Veja Também:

+ Jorge Sampaoli e a transformação dos jogadores dentro de campo
+ Comparar Pelé com qualquer outro jogador, beira a insanidade
+ Fique sócio do  Santos e ajude o clube a se tornar ainda mais forte

2 respostas
  1. Figueiredo
    Figueiredo says:

    Não concordo com os comentários sobre os jogadores Lucas Veríssimo teve o mesmo desempenho do Gustavo Henrique soteldo levou o time pra cima do Vasco o problema maior foi o Sanches que perdeu gols por querer chutar forte ao invés de colocar a bola mas longe de crítica sua garra é fantástica ah para de criticar o melhor lateral direito do pais.

    Responder
  2. Genielson
    Genielson says:

    Tudo bem que Lucas Veríssimo fez algumas faltas mas dizer que Gustavo Henrique foi melhor do que ele no jogo é brincadeira
    Gustavo Henrique não ganha bola de nenhum centro avante que sabe fazer pivô…

    Responder

Deixe sua opinião!

Família Santista, a casa do verdadeiro santista.
Aqui o espaço é democrático!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *