Santos x São Paulo – Avaliação dos jogadores no empate por 0 a 0 na Vila Belmiro pelo Brasileirão 2018

É o oitavo jogo seguido que o time de Cuca não leva gols

Santos x São Paulo

Santos x São Paulo: Vila Belmiro, Brasileirão 2018

Confira a avaliação dos jogadores, no empate do Santos FC por 0 a 0 contra o São Paulo, na Vila Belmiro, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro 2018.

Vanderlei: Mero expectador.

Victor Ferraz: Foi mais acionado na primeira etapa, mas pouco produziu ofensivamente. Atuação média.

Gustavo Henrique: Atuação segura, mas quase comprometeu o resultado em falta na entrada da área, no último minuto de jogo.

Robson Alves: Um dos melhores em campo. Parece aqueles zagueiros veteranos que conhecem os atalhos do campo.

Dodô: Teve dificuldade na marcação do ponteiro adversário, mas chegou com força no ataque.

Alison: Um dos motivos da zaga não sofrer gols é a boa proteção na entrada da área, função específica do Pit Bull. De negativo, levou mais um cartão amarelo por conta de um carrinho desnecessário.

Diego Pituca: Boa visão de jogo, foi o responsável pela saída de bola.

Carlos Sánchez: Correu o campo todo dando opção aos atacantes. Muito participativo, cansou e precisou sair no segundo tempo.

Loja Família Santista - Camisa Santos

Loja Família Santista – Em até 4x s/ Juros

Derlis González: Um dos mais incisivos no ataque. Ajudou na recomposição e também saiu exausto de campo.

Rodrygo: Deu boas arrancadas e em uma delas perdeu um gol incrível, cara a cara com o goleiro.

Gabriel: Buscou a movimentação, saindo muito da área. Foi bem marcado e finalizou apenas uma vez ao gol.

__

Bruno Henrique: Entrou na metade do segundo tempo e teve atuação discreta.

Arthur Gomes: Não conseguiu mudar muita coisa dentro de campo.

Felippe Cardoso: Errou quase tudo, mas temos que dar um desconto, pois estava há muito tempo sem atuar.


Cuca: O Santos dominou o primeiro tempo, sem correr riscos. No segundo o time teve dificuldade em colocar a bola no chão e criar chances de gol.

Suas jogadas ensaiadas não deram certo, desta vez, mas são boas armas para jogos de poucas oportunidades.

Chegamos ao oitavo jogo seguido sem levar gols, uma baita marca para um time profissional.

__