Santos x Internacional

Santos x Internacional – Avaliação dos jogadores no empate por 0 a 0 na Vila Belmiro pela 6ª rodada do Brasileirão 2019

Peixe encontrou dificuldades para furar a retranca colorada

Confira a avaliação dos jogadores no jogo Santos x Internacional que terminou com o empate por 0 a 0, na Vila Belmiro, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro 2019.

Vanderlei – Evitou o que seria o único gol do jogo, em defesaça cara a cara com Guerrero.

Victor Ferraz – Ter este rapaz como capitão do Santos FC é uma falta de repeito com o torcedor. Enquanto os adversários entram com “sangue no olho”, nosso lateral-direito distribui simpatia em campo. Ninguém respeita e assim ele vai enganando.

Lucas Veríssimo – O Aguilar ficar no banco para o Veríssimo beira o absurdo. Zagueiro estabanado, que abusa das faltas. Não ganhou uma do Guerrero, além de errar inúmeros passes na saída de bola.

Gustavo Henrique – Ao contrário de seu companheiro de zaga, chegou firme na marcação e ganhou quase todas. Um dos poucos que demonstrou certa vontade em campo.

Jorge – Jogador habilidoso, mas que acha que está num rachão entre amigos. Quer dar chapéu na defesa e dribles desnecessários na saída de jogo. Pouco produtivo.

Jean Lucas – Inconstante. Às vezes faz boas jogadas e às vezes apanha da bola.

Diego Pituca Com essa formação, precisou ficar mais preso na frente da zaga, pouco colaborando com sua boa presença ofensiva. Foi o responsável pela saída de jogo.

Carlos Sánchez – Errou tudo que tentou. Péssima atuação.

Loja Família Santista

Jean Mota – Não tiramos uma vírgula do que temos falado desde o início do ano. Jogador de jogos pequenos. Quando mais precisa, se esconde, aliás, não aparece desde as quartas de final do Paulistão.

Soteldo – Foi mal, mas convenhamos, ninguém encostou para uma tabela. Esteve sempre isolado na esquerda.

Rodrygo – No ataque, foi o único que buscou alguma coisa. A forte retranca do time gaúcho dificultou seu futebol, ainda assim, sofreu um pênalti claro, não dado pelo árbitro.


Cueva – Boa movimentação, mas também teve dificuldades para achar o espaço.

Eduardo Sasha – De positivo, ficou sua entrega em campo.

Kaio Jorge – A bola pouco chegou. Precisa de mais oportunidades.


Jorge Sampaoli – Não conseguiu fazer o time jogar e, ainda, tomou contra-ataques que quase resultaram em gols.

Melhorou um pouco com as alterações, mas não o suficiente para furar a forte retranca adversária.


Com o empate por 0 a 0 no jogo Santos x Internacional, o time da Vila caiu para a quinta colocação do Brasileirão, com onze pontos, cinco atrás do líder.

Veja Também:

+ Jorge Sampaoli e a transformação dos jogadores dentro de campo
+ Comparar Pelé com qualquer outro jogador, beira a insanidade
+ Fique sócio do  Santos e ajude o clube a se tornar ainda mais forte

0 respostas

Deixe sua Opinião!

O você achou desse Post?
Faça seu comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.