Santos x Atlético-MG

Santos x Atlético-MG – Avaliação dos jogadores na vitória por 3 a 1 na Vila Belmiro pela oitava rodada do Brasileirão 2019

Peixe domina o primeiro tempo, leva sustos no segundo, mas garante mais três pontos no BR-19

Confira a avaliação dos jogadores no jogo Santos x Atlético-MG que terminou com a vitória santista por 3 a 1, na Vila Belmiro, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro 2019.

Everson – Boa atuação, demonstrando firmeza nas defesas, em especial, a cabeceada de Ricardo Oliveira. Com os pés, teve tranquilidade na saída de bola.

Victor Ferraz – Jogou o arroz com feijão. Desta vez, não comprometeu, mas não convence mais.

Lucas Veríssimo – Reparem, é o jogador que mais erra passes na saída de jogo. No gol atleticano houve falha dupla da zaga.

Felipe Aguilar – Faltou atenção no gol do Galo, além de um pequeno susto em recuada para o Everson no primeiro tempo. No geral foi bem.

Jorge – Atuou com mais seriedade e foi importante na transição. Precisa manter essa postura daqui para frente.

Diego Pituca – Foi o responsável em proteger a cabeça de área do Peixe. Não apareceu muito no apoio, mas foi importante no esquema tático.

Jean Lucas Tem bom posicionamento e sempre aparece como opção no meio campo, mas às vezes falta-lhe tranquilidade para dar sequência nas jogadas. Natural, pois o garoto tem apenas 20 anos e vai oscilar durante os jogos.

Jean Mota – Apareceu em bolas paradas e foi com elas que levou o Santos aos 2 a 0. Com bola rolando, participa muito pouco.

Loja Família Santista

Marinho – Muito bem na primeira etapa, chegando com perigo pela direita e criando boas oportunidades de gol. Mandou um pombo sem asa no travessão. No segundo tempo cansou e foi substituído.

Soteldo – Não pode ficar fora do time titular. É abusado e participa da maioria das jogadas ofensivas, sempre levando perigo ao gol adversário.

Eduardo Sasha – Quando a fase está boa é preciso manter a sequência. E Sasha tem se dedicado dentro de campo nesse Brasileiro, não a toa é o artilheiro da competição, com quatro gols em oito jogos. Mesmo com a chegada de Uribe, é injusto tirá-lo do time nesse momento.

Entraram no segundo tempo (Santos x Atlético-MG)

Carlos Sánchez – Boa movimentação pela direita. Marcou um golaço de falta, o terceiro do Peixe, em um momento em que o Atlético-MG vinha pra cima. Na sequência, perdeu um gol incrível debaixo da trave.

Felipe Jonatan – Fez o básico e não complicou.

Uribe – Pouco tempo em campo.

Jorge Sampaoli

Voltou com o tradicional 4-3-3 e encurralou o adversário. Manteve a posse de bola e criou inúmeras oportunidades de gol.

Com toda crítica e dificuldade, colocou o Peixe na segunda colocação do Brasileirão, com 17 pontos, a dois do líder, que tem uma partida em julgamento.

Estamos tristes pelas recentes eliminações, mas é preciso sequência no trabalho para os resultados aparecerem. Sampaoli é, sem dúvidas alguma, muito, mas muito mais capacitado que os últimos treinadores que passaram pela Vila Belmiro.


Veja Também:

+ Santos Futebol Clube, a história mais gloriosa do futebol
+ Família Santista, a casa do verdadeiro santista
+ Ver mais notícias do Santos Futebol Clube
+ Loja Família Santista, produtos de qualidade e preço acessível a todos
+ Fique sócio do  Santos e ajude o clube a se tornar ainda mais forte

0 respostas

Deixe sua Opinião!

O você achou desse Post?
Faça seu comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.