Santos x Atlético-GO

Santos x Atlético-GO – Avaliação dos jogadores na vitória por 3 a 0 pela terceira fase da Copa do Brasil 2019

Peixe volta a jogar bem e avança no torneio nacional

Confira a avaliação dos jogadores do Santos FC, na vitória por 3 a 0 em cima do Atlético-GO, na Vila Belmiro, pela terceira fase da Copa do Brasil 2019.

Everson – Fez defesa importantíssima com os pés quando a partida ainda estava 0 a 0. No segundo tempo viu a bola explodir na trave duas vezes. Precisa aperfeiçoar sua saída nos cruzamentos.

Victor Ferraz – Alternou entre lateral-direita e meio campo, sendo boa opção na armação das jogadas. Defensivamente, deixou espaços, permitindo o contra-ataque do time goiano.

Felipe Aguilar – Mais uma partida segura do zagueirão. No mano a mano não perdeu nenhuma jogada.

Lucas Veríssimo – Formou uma boa dupla de zaga com Aguilar. Será fundamental na sequência da temporada.

Diego Pituca – Voltou a fazer a função de lateral-esquerdo e novamente cumpriu muito bem a função, ficando mais preso na marcação. Com a entrada de Jorge, passou para o meio campo.

Alison – Boa proteção à frente da zaga. Às vezes se precipita no passe.

Carlos Sánchez – O melhor e mais intenso jogador em campo. A impressão é que tinha cinco Carlos Sánchez no gramado da Vila Belmiro. Além das assistências, foi efetivo nas finalizações, aparecendo como elemento surpresa dentro da área. Marcou dois belos gols.

Jean Mota – Bolas venenosas nas cobranças de faltas e escanteios. Fez duas assistências na medida para o Sánchez, no primeiro gol, e para o Rodrygo, no segundo.

Rodrygo Bela partida do Menino da Vila, como segunda-feira passada, no Pacaembu. Sempre objetivo, foi pra cima criando jogadas de perigo. Marcou um golaço pegando de primeira.

Loja Família Santista
Camisa Santos Família Santista

Solteldo – Agudo, deu trabalho para a zaga do Atlético-GO. Tem se firmado, e com justiça, no ataque do Peixe. Fez o passe para o terceiro gol santista.

Derlis González – Jogar centralizado não é a dele e isso prejudicou sua atuação.


Jorge – Manteve segura a lateral-esquerda. Parece bem à vontade com a camisa do Santos FC.

Cueva – Não produziu muita coisa. No lance do cartão vermelho, houve rigidez do árbitro.

Eduardo Sasha – Pouco tempo em campo.


Jorge Sampaoli – Manteve a intensidade do jogo anterior, com posse de bola e diversas finalizações, porém, deixou espaços para o contra-ataque.

Que em jogos de mata-mata, o Santos FC aprenda a fazer um bom resultado fora de casa para não passar sufoco na Vila/Pacaembu. Fica a lição.

Com a vitória, o time de Sampaoli avançou para a quarta fase da Copa do Brasil e aguarda sorteio para a definição do adversário.

Veja Também:

+ Jorge Sampaoli e a transformação dos jogadores dentro de campo
+ Comparar Pelé com qualquer outro jogador, beira a insanidade
+ Fique sócio do  Santos e ajude o clube a se tornar ainda mais forte

0 respostas

Deixe sua Opinião!

O você achou desse Post?
Faça seu comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.