Real Garcilaso x Santos – Avaliação dos jogadores na derrota por 2 a 0 em Cusco

Faltou coragem ao Jair Ventura para iniciar com os garotos

Real Garcilaso x Santos
Real Garcilaso x Santos – Libertadores da América 2018

Confira a avaliação dos jogadores, na derrota por 2 a 0 na partida Real Garcilaso x Santos, em Cusco, pela 1ª rodada da fase de grupos da Libertadores 2018.

Vanderlei: Não fossem suas defesas, o placar tinha sido ainda mais elástico. Não teve culpa nos gols.

Daniel Guedes: Talvez a altitude tenha afetado seu desempenho. Pouco chegou ao ataque e deu muita liberdade para os ponteiros.

David Braz: Não ganhou uma pelo alto.

Lucas Veríssimo: Mais uma vez em jogo importante demonstrou sua fragilidade.

Jean Mota: Noite para ser esquecida. Falhou no primeiro gol e deixou uma avenida no seu setor.

Alison: Ah se tivéssemos pelo menos uns três Alisons em campo.

Renato: Cansado! Um ano jogando com o nome e ninguém tem coragem de colocá-lo no banco. Isso vai custar caro ao Santos, assim como custou no ano passado.

Emiliano Vecchio: Sofreu muitas críticas do torcedor, mas ao menos tentou algo diferente. Todos sabemos que armação não é a sua.

Copete: São quase dois anos dono da posição. Alguém, por favor explica este fenômeno. Sem dúvidas nenhuma, é um dos piores atacantes que já vimos como titular do Peixe.

Sasha: Um dos poucos que se destacou. Buscou as jogadas de linha de fundo e levou trabalho à zaga peruana. Deixou o Gabriel na cara do gol no primeiro tempo e deu excelente passe para a conclusão de Vecchio, no segundo.

Gabriel: Apagado.

__

Arthur Gomes: Em seu primeiro lance fez mais do que o caneludo Copete no jogo todo. Foi agudo nas jogadas.

Vitor Bueno: Não acrescentou muita coisa.

Rodrygo: Infelizmente, falta coragem do professor em arriscar no seu futebol. Imaginem se em 2002 o Leão pensasse como o Jair, estaríamos na fila até agora.

__

Jair Ventura: Acreditamos no seu trabalho, mas que fique claro que a covardia não combina com o Santos Futebol Clube. É inadmissível jogadores terem cadeira cativa no time titular.

O torcedor não aguenta mais jogadores sem condições, ou muda-se ou passaremos mais um ano em branco. A molecada está sedenta para mostrar futebol, não desperdice esta oportunidade.

Coragem Jair, coragem! Não seja mais um Dorival na vida do Santos.

__

Camisa do Santos - Familia Santista

Rolar para o topo