Internacional 0 x 0 Santos – Avaliação dos jogadores no empate do Peixe, em Porto Alegre

Internacional 0 x 0 Santos

Alterações de Sampaoli não surtem efeito e o Alvinegro toma sufoco na segunda etapa

Internacional 0 x 0 Santos, veja a avaliação dos jogadores do Peixe:

Everson – Passou o primeiro tempo como mero expectador, mas no segundo, teve muito trabalho e tomou dois gols, por sorte, anulados.

Victor Ferraz – Perdido atuando no meio. Sem função, pouco produziu tanto no ataque, quanto na defesa. Passou a responsabilidade da marcação para os companheiros. Sugou até onde deu, sendo substituído no começo da segunda etapa.

Lucas Veríssimo – A teimosia do treinador em mantê-lo como lateral-direito tem tirado a paciência do torcedor. Veríssimo não tem cacoete de lateral e sofre na posição. As principais jogadas do Inter surgiram por ali.

Gustavo Henrique – Tem dificuldades com esse esquema de jogo, ainda assim, manteve a regularidade de boas atuações.

Luan Peres – Partida razoável, alternando como zagueiro e lateral-esquerdo.

Jorge – No primeiro tempo foi bem, mas assim como toda equipe, seu rendimento caiu drasticamente após o intervalo. Perdeu bolas fáceis, gerando contra-ataques perigosos.

Diego Pituca – Pouco efetivo no meio campo. Sentou na titularidade e se acomodou. Visivelmente cansado na segunda etapa, apenas observou os meias do Inter criarem as jogadas.

Evandro – Sumido! Tentamos lembrar de algum bom lance, não conseguimos.

Taílson – No mano a mano, ganhou todas, mas faltou tranquilidade no último passe.

Marinho – Perdeu boa oportunidade no começo. Se doou em campo, como sempre, sendo importante na recomposição.

Eduardo Sasha – A bola não chegou em condição de finalização. Piorou com a entrada de Uribe, pois passou a atuar na ponta direita, que não é a sua.


Jean Mota – Entrou no lugar de Victor Ferraz, ou seja, seis por meia dúzia.

Uribe – O de sempre.

Alison – Melhorou a pegada no meio, já que, Evandro e Pituca se arrastavam em campo.


Jorge Sampaoli (Internacional 0 x 0 Santos)

Após excelente atuação no clássico, voltou com a formação de três zagueiros. Deu certo em alguns momentos do jogo, mas teve mais chances de tomar, do que fazer o gol.

Errou nas substituições, pois Tailson e Marinho eram os que mais levavam perigo ao adversário.

O Santos FC volta à terceira colocação do Campeonato Brasileiro, agora com 48 pontos, dez atrás do líder Flamengo.

Veja Também:

+ Santos Futebol Clube, a história mais gloriosa do futebol
+ Família Santista, a casa do verdadeiro santista
+ Ver mais notícias do Santos Futebol Clube
+ Loja Família Santista, produtos de qualidade e preço acessível a todos
+ Fique sócio do  Santos e ajude o clube a se tornar ainda mais forte

Loja Família Santista
Loja Família Santista
Loja Família Santista
Rolar para o topo