Flamengo x Santos – Avaliação dos jogadores na vitória por 2 a 1 no Luso-Brasileiro pelo Brasileirão

Peixe finaliza pouco mas garante os três pontos no Rio de Janeiro

Flamengo x Santos

Confira a avaliação dos jogadores do Santos, na vitória por 2 a 1 em cima do Flamengo, no Luso-Brasileiro, pelo Brasileirão 2017.

Vanderlei: Teve trabalho o goleirão do Peixe e novamente garantiu o resultado, com excelentes defesas.

Victor Ferraz: É um dos jogadores que não aguentamos mais como titular da equipe. Neste domingo, nem foi tão mal, mas seu futebol não está a altura de um clube com tamanha grandeza.

Fabián Noguera: Começou inseguro, mas aos poucos foi tomando conta da zaga. Ganhou praticamente todas pelo alto. Bela partida.

Luiz Felipe: Outra vez jogou o simples e não complicou. Aos poucos vai adquirindo o ritmo de jogo.

Jean Mota: Jogou os 90 minutos preso no campo defensivo. Poderia ter subido um pouco mais e ajudar no desafogo do time.

Alison: Apesar de ter abusado das faltas, teve que correr por ele e pelo Renato no meio campo. Tomou o terceiro cartão amarelo e está fora da última partida do Peixe no Brasileirão 2017.

Renato: Sem poder de marcação, o veterano jogador está fazendo hora extra com o Manto Sagrado.

Emiliano Vecchio: Errou muitos passes na saída de bola, proporcionando a pressão rubro-negra.

Bruno Henrique: Não obteve êxito no mano a mano, porém marcou o gol de empate em bobeada de Muralha.

Jonathan Copete: O Santos precisa urgentemente de um atacante que atue pelos lados do campo. Na base tem uns 15 melhores que o colombiano.

Ricardo Oliveira: Boa partida do Pastor, aliás, tem sido um dos destaques do Santos neste fim de temporada.

__

Arthur Gomes: Fez em dois minutos o que o Copete não fez em 70. Em linda jogada pela esquerda, cortou o zagueiro e fuzilou pra dentro da rede, garantindo a virada santista.

Matheus Jesus: Ajudou a povoar o meio campo, dificultando as jogadas do Flamengo pelo centro.

Kayke: Pouco tempo em campo.

__

Elano: Ainda não está preparado para assumir um grande clube como treinador de futebol, mas deu sua parcela de contribuição e garantiu o Santos na fase de grupos da Libertadores 2018.

__