Chapecoense x Santos

Chapecoense x Santos: Avaliação dos jogadores na vitória por 1 a 0 na Arena Condá, pelo Brasileirão 2019

Em jogo truncado, Peixe volta a vencer e, momentaneamente, se isola na liderança do Campeonato Brasileiro

Loja Família Santista

Chapecoense x Santos se enfrentaram neste sábado (31), às 19h, na Arena Condá, em Chapecó, pela 17ª rodada do Brasileirão 2019. Confira a avaliação dos jogadores do Peixe.

Everson – Desta vez saiu bem nos cruzamentos e foi seguro nas bolas alçadas na área. Tomou cartão amarelo por fazer cera infantilmente.

Victor Ferraz – Talvez, os três zagueiros do Sampaoli, sejam para compensar a fragilidade dos laterais em marcar. Se deixar o Victor Ferraz no mano a mano com qualquer jogador um pouquinho mais veloz, é perigo. Com a bola no pé, foi bem, alternando jogadas entre a lateral e o meio campo.

Lucas Veríssimo – Todos criticam o Felipe Aguilar, mas é impressionante como o Veríssimo chega estabanado nas jogadas. Compromete todo o sistema de jogo.

Felipe Aguilar – Voltou a fazer partida segura. Que se mantenha assim.

Gustavo Henrique – É o zagueiro que dá estabilidade à zaga. Atuação impecável.

Felipe Jonatan – Vai sonhar com o lateral-direito da Chape. Tomou sufoco no primeiro tempo e, no segundo, deu muita liberdade para os cruzamentos para dentro da área. Porém, foi decisivo, dando bom passe para a jogada do gol e, em outro lance, dando boa assistência para o Sasha.

Diego Pituca – Teve dificuldade na saída de jogo. Atuou mais na proteção da zaga e pouco subiu ao ataque.

Evandro – Boa movimentação, articulando bem as jogadas pelo meio. Na segunda etapa caiu de rendimento e foi substituído.

Loja Família Santista

Yeferson Soteldo – É o desespero dos adversários. Parte pra cima sem medo de ser feliz. Chutou a bola que originou o gol do Peixe. Fez uma assistência para o Sasha, o deixando na cara do goleiro.

Derlis González – Ofensivamente, pouco apareceu, mas ajudou bastante na recomposição.

Eduardo Sasha – Isolou um chute no primeiro tempo, em boa oportunidade de ir para o vestiário com 2 a 0 no placar. Mas foi no segundo que perdeu as melhores chances do Santos, com três lances claros de gol. Não marcou, mas abriu espaços para as jogadas ofensivas.


Carlos Sánchez – Entrou mal demais.

Alison – Melhorou a marcação, dificultando a infiltração da Chapecoense pelo meio.

Jean Mota – Pouco tempo em campo. Se com muito tempo já é difícil, imagina com pouco.


Jorge Sampaoli (Chapecoense x Santos)

Foi muito criticado por não administrar o resultado em partidas anteriores. Desta vez, recheou o time de defensores e atuou explorando os contra-ataques.

Não foi um jogo de encher os olhos, mas o importante é que voltou a vencer.

O Peixe está na liderança do Brasileirão, com 36 pontos. E fica no aguardo da partida entre Flamengo e Palmeiras, para ver se fecha a rodada em primeiro lugar.

Veja Também:

+ Santos Futebol Clube, a história mais gloriosa do futebol
+ Família Santista, a casa do verdadeiro santista
+ Ver mais notícias do Santos Futebol Clube
+ Loja Família Santista, produtos de qualidade e preço acessível a todos
+ Fique sócio do  Santos e ajude o clube a se tornar ainda mais forte