Altos-PI x Santos

Altos-PI x Santos – Avaliação dos jogadores na vitória por 7 a 1 no estádio Albertão, pela Copa do Brasil 2019

Peixe começa mal, mas busca o resultado e avança para a próxima fase no torneio nacional

Confira a avaliação dos jogadores do Santos FC, na vitória por 7 a 1 em cima do Altos-PI, no estádio Albertão, pela 1ª fase da Copa do Brasil 2019.

Vanderlei – Pouco trabalho diante de um ataque ineficiente. Não teve culpa no gol sofrido.

Victor Ferraz – Logo no começo perdeu uma jogada na lateral, quase resultando em gol. No decorrer da partida, fez algumas jogadas de linha de fundo.

Gustavo Henrique – Jogou o arroz com feijão, mas quase se complicou em bola recuada para o Vanderlei.

Felipe Aguilar – Recuperou-se da partida passada. Cabeça erguida na saída de jogo e cortes precisos na zaga.

Luiz Felipe – Cometeu a falta que originou o gol do Altos, mas logo após, redimiu-se, marcando o gol de empate. É bom zagueiro, mas às vezes quer fazer jogada de Baresi, aí se complica.

Copete – Uma canelada aqui, outra ali, mas quebrou bem o galho da lateral-esquerda. Deu a assistência para o gol de Derlis.

Alison – Seu futebol evoluiu demais. Parou com os carrinhos e tem chegado com qualidade na área adversária. Marcou o terceiro do Peixe.

Diego Pituca – Foi um dos poucos que se destacaram em Itu e manteve o bom futebol em Teresina. Visão de jogo e qualidade na saída de bola. Também deixou sua marca, anotando o sétimo gol santista.

Carlos Sánchez Um dos melhores em campo. Participativo, toda jogada passa pelos seus pés. Falhou no gol adversário, sendo enganado pelo quique da bola, mas foi compensado dois gols, um deles, uma pintura por cobertura.

Jean Mota – Cobrou a falta no gol de empate e distribuiu bons passes na entrada da área.

Derlis González – Sempre agudo, executou boas jogadas pela direita. Além de marcar o segundo gol do Santos FC, fez linda assistência para o gol do Sánchez.


Yeferson Soteldo – Entrou e foi pra cima. Às vezes falta levantar a cabeça e tocar a bola para um companheiro melhor colocado. Marcou um belo gol, também, por cobertura.

Edurado Sasha – Apesar de errar alguns passes, deu opção. Fez excelente jogada para o gol de Pituca.

Sandry – Dizem que a base do Santos FC está mal, mas o Menino da Vila tem provado o contrário. Ótimo jogador, com dinâmica, velocidade e boa visão de jogo.


Jorge Sampaoli – Voltou a utilizar três zagueiros e, pelo resultado final, foi positivo. Porém, analisando o primeiro tempo, os defensores sobem até a linha de meio campo para armar a jogada e isso pode ser perigoso contra um adversário que saiba jogar bola. Qualquer erro, permite o contra-ataque. Se o Ituano fez isso e o próprio, Altos-PI, no início do primeiro tempo, por que outros também não podem fazer?

Já na segunda etapa, mudou o posicionamento dos meias, fazendo com que o Alison e o Pituca viessem buscar o jogo, dando mais consistência na saída de bola.

O argentino é inteligente e observador e vai encontrar o equilíbrio necessário para esse time continuar crescendo na temporada.

Veja Também:

+ Jorge Sampaoli e a transformação dos jogadores dentro de campo
+ Comparar Pelé com qualquer outro jogador, beira a insanidade
+ Fique sócio do  Santos e ajude o clube a se tornar ainda mais forte

0 respostas

Deixe sua opinião!

Família Santista, a casa do verdadeiro santista.
Aqui o espaço é democrático!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *